Mostras individuais e coletivas tomam conta da cidade paralelamente à Bienal de São Paulo

Confira artistas que participam do evento e também expõem em galerias

Amanda Ribeiro Úrsula Passos
São Paulo

Paralelamente à 33ª Bienal de São Paulo, que ocupa o Pavilhão da Bienal a partir desta sexta (7), galerias da cidade recebem mostras individuais de artistas que estarão no evento. Além disso, coletivas em cartaz também são opções para quem quer explorar mais da arte contemporânea.

 

Mostras individuais

Dacosta - A Cor do Silêncio
A exposição, com curadoria de Denise Mattar, reúne 54 trabalhos assinados pelo pintor Milton Dacosta e produzidos entre as décadas de 1930 e 1980.
Galeria de Arte Almeida e Dale - R. Caconde, 152, Jardim Paulista, região oeste, tel. 3882-7120. Seg. a sex.: 10h às 19h. Sexta (7): fechado. Até 24/11. Livre. GRÁTIS

Em Nome de Deus
O artista goiano Siron Franco contrapõe violência e sacralidade nas 13 pinturas e esculturas que apresenta nesta mostra. As obras narram disputas religiosas e discutem a construção das simbologias.
Galeria Marcelo Guarnieri - Al. Lorena, 1.835, Jardim Paulista, região oeste, tel. 3063-5410. Seg. a sex.: 10h às 19h. Sáb.: 10h às 17h. Sexta (7): fechado. Até 20/10. Estac. (grátis). GRÁTIS

orDeNAção: O DNA da Pedra
Conhecida por trabalhar principalmente com formações rochosas, a artista paulistana Denise Milan apresenta esculturas, objetos, instalações e desenhos em que é possível visualizar seu processo criativo, que inclui o aprendizado científico e a interpretação de padrões da natureza.
Galeria Lume - R. Gumercindo Saraiva, 54, Jardim Europa, região oeste, tel. 4883-0351. Seg. a sex.: 10h às 19h. Sáb.: 11h às 15h. Até 10/11. Livre. Sexta (7): fechado. GRÁTIS

Poro
Na mostra, a artista carioca Maria Laet, que exibe vídeo inédito nesta Bienal em seleção das mostras individuais, apresenta aqui vídeos, fotos, objetos e uma instalação sobre os limites do tempo e do espaço.
Galeria Marília Razuk - sala 1 - R. Jerônimo da Veiga, 131B, Jardim Europa, região sul, tel. 3079-0853. Seg. a sex.: 10h30 às 19h. Sáb.: 11h às 16h. Sexta (7): 11h às 18h. Até 20/10. Livre. GRÁTIS

Tazibao e Outras Obras
A mostra faz uma síntese da produção do paraibano Antonio Dias (1944-2018) por meio de trabalhos produzidos entre 1968 e 2013. A série Ta Tze Bao, que dá nome à exposição, faz referência a jornais murais chineses que faziam oposição ao Partido Comunista.
Galeria Nara Roesler - Av. Europa, 655, Jardim Europa, tel. 2039-5454. Seg. a sex.: 10h às 19h. Sáb.: 11h às 15h. Até 3/11. Livre. GRÁTIS

 

Coletivas

2ª Bienal de Artes do Ouvidor
A mostra exibe obras criadas coletivamente a partir de 24 oficinas gratuitas. Produzidos em suportes variados, como pinturas, fotos, filmes, peças gráficas, esculturas e performances, os trabalhos dos cerca de cem artistas residentes ficam expostos durante pouco mais de uma semana.
Centro Cultural Ouvidor 63 - R. do Ouvidor, 63, Sé, região central, tel. 95196-7975. Dom. a seg.: 14h às 22h. Abertura sexta (7). Até 16/9. GRÁTIS 

Aluga-se Tríplex
O grupo Aluga-se comemora oito anos de atividade com esta coletiva, que articula trabalhos de seus membros com os de artistas convidados. As esculturas, colagens, instalações, fotos e objetos são assinados por nomes como Ana Zveibil, Evandro Prado, Marlene Stamm e Vítor Mizael.
R. Dona Maria Paula, 78, Bela Vista, região central. Ter. a sex.: 13h às 19h. Sáb.: 11h às 17h. Até 27/10. Abertura sábado (8). GRÁTIS 

Arte-Veículo
A coletiva reúne obras de 47 artistas que trabalham com linguagens que vão da pintura à performance. Produzidos nos últimos 60 anos, os trabalhos são de nomes como Eduardo Coutinho, Neide Sá e Nuno Ramos e discutem mídia e tecnologia.
Sesc Pompeia - área de convivência - R. Clélia, 93, Água Branca, região oeste, tel. 3871-7700. Ter. a sáb.: 10h às 21h30. Dom.: 10h às 19h30. Sexta (7): 9h às 20h. Até 2/12. Livre. GRÁTIS

Bienal da Quebrada
A casa apresenta, em sua mostra paralela à Bienal, obras em suportes como pintura e gravura de Marina Hachem, Marcio Nehrebecki, Avilmar Maia e outros.
Casa da Xiclet - R. Fradique Coutinho, 1.855, Vila Madalena. Qui. a dom.: 14h às 20h. Sexta (7): fechado. Até 30/9. GRÁTIS

Histórias Afro-Atlânticas
Trabalhos de Cícero Dias, Jaime Lauriano, Andy Warhol, Arthur Bispo do Rosário, Uche Okeke e Frans Post compõem esta coletiva com obras produzidas em cinco séculos. Realizada em parceria com o Tomie Ohtake, a mostra se propõe a exibir trabalhos de artistas negros e obras que contemplem a temática das trajetórias entre África e América.
Masp - Av. Paulista, 1.578, Bela Vista, região central, tel. 3149-5959. Ter., qua. e sex. a dom.: 10h às 17h30. Qui.: 10h às 19h30. Até 21/10. Livre. Ingr.: R$ 35. Ter. e qua.: grátis.

MAM 70: MAM e MAC-USP
O MAM comemora 70 anos apresentando uma mostra em parceria com o MAC-USP. As 103 obras, de artistas como Nelson Leirner, Cildo Meireles, Tunga e Alfredo Volpi, ajudam a contar a história do museu e abordam temas como educação e ecologia.
MAM - Pq. Ibirapuera, portão 3, região sul, tel. 5085-1300. Ter. a dom.: 10h às 17h30. Até 16/12. Livre. Ingr.: R$ 7. Sáb., menores de 10 e maiores de 60 anos: grátis.

Mínimo, Múltiplo, Comum
A mostra traz um conjunto de pinturas figurativas produzidas nos últimos 70 anos por brasileiros como Vânia Mignone, Marina Rheingantz e Eleonore Koch.
Pina_Estação - Lgo. Gen. Osório, 66, Santa Efigênia, tel. 3335-4990. Seg. e qua. a dom.: 10h às 17h30. Até 17/9. Livre. GRÁTIS

Mulheres Radicais: Arte Latino-Americana, 1960-1985
Concebida pelo museu Hammer, nos EUA, a mostra traz 280 trabalhos, como vídeos, fotos e pinturas, de artistas latino-americanas como a brasileira Lygia Clark e a chilena Cecilia Vicuña dos anos 1960 e 1980, período de turbulência política e social.
Pina_Luz - Pça. da Luz, 2, Bom Retiro, tel. 3324-1000. Seg. e qua. a dom.: 10h às 18h. Até 19/11. Livre. Ingr.: R$ 6. Sáb.: grátis.

O Outro Trans-Atlântico
Idealizada pelo Museu de Arte Moderna de Varsóvia, a exposição traça um panorama da produção de arte cinética e ótica na América Latina e no Leste Europeu depois da Segunda Guerra. Estão expostos trabalhos de nomes como Hélio Oiticica e Abraham Palatnik.
Sesc Pinheiros - R. Pais Leme, 195, Pinheiros, região oeste, tel. 3095-9400. Ter. a sáb.: 10h30 às 21h30. Dom.: 10h30 às 18h30. Até 28/10. Livre. GRÁTIS

Vem aí

Ai Weiwei Raiz
O artista e ativista chinês Ai Weiwei apresenta na Oca do Ibirapuera, a partir de 20 de outubro, uma mostra com curadoria de Marcello Dantas. Estarão expostos no espaço tanto obras inéditas, produzidas no Brasil, como trabalhos marcantes da carreira do artista. 
Oca - Av. Pedro Álvares Cabral, portão 3, parque Ibirapuera, tel. 3105-6118. Abertura 20/10.

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais