Descrição de chapéu Televisão series
Streaming

HBO Max chega ao Brasil seduzindo nostálgicos com novos 'Friends' e 'Um Maluco no Pedaço'

Após um ano nos EUA, plataforma substitui HBO Go e promete avalanche de reboots e spin-offs

São Paulo

É verdade que, de acordo com a geração Z, ser nostálgico se tornou "cringe". Mas, ao que tudo indica, são os saudosistas que vão se deleitar com a nova HBO Max, plataforma de streaming que desembarca no Brasil nesta terça-feira, dia 29, depois de mais de um ano disponível nos Estados Unidos.

Neste início, o catálogo parece ainda fraco e deve demorar a engatar. A plataforma não confirmou até o momento todos os filmes e séries que estarão disponíveis na estreia do serviço nem as datas de lançamentos das produções mais esperadas.

Entre os títulos mais aguardados está o reencontro de “Friends”, que foi ao ar em maio deste ano para o público americano e poderá ser visto logo na chegada do streaming ao Brasil. Outra série dos anos 1990 que também exibe um reencontro é “Um Maluco no Pedaço”, com Will Smith.

Já “Sex and the City”, mais um seriado dos anos 1990, também está no catálogo. O quarteto fashionista que bebericava cosmopolitans acompanhou as mudanças recentes de Nova York, como o 11 de Setembro e o colapso financeiro de 2008.

Agora, com a Covid-19 como pano de fundo, uma nova temporada da série está sendo filmada, mas ainda não tem data para ser lançada —mas o reboot, chamado de "And Just Like That", não terá Samantha Jones, interpretada por Kim Cattrall.

Também sob os arranha-céus de Manhattan, outro fenômeno pop que integra o catálogo da HBO Max é “Gossip Girl”. As seis temporadas da série se passam em torno de uma misteriosa blogueira que vaza todas as fofocas dos jovens ricos de Upper East Side. Uma continuação com uma nova geração de ricos nova-iorquinos será lançada no dia 8 de julho, com um elenco mais diverso e trama centrada nas redes sociais.

Novo elenco de 'Gossip Girl', que estreia no dia 8 de julho
Novo elenco de 'Gossip Girl', que estreia no dia 8 de julho - Reprodução/Instagram Gossip Girl

A HBO Max chega também com conteúdos originais próprios, caso dos seriados “It’s a Sin”, sobre um grupo que viveu durante a crise da Aids no Reino Unido entre os anos 1980, e "Raised by Wolves", ficção científica com dez episódios, sendo os dois primeiros produzidos por Ridley Scott. Ambas já estarão na plataforma logo no início.

Outro conteúdo, que estreia nesta quinta-feira, dia 1º, é o longa de Steven Soderbergh “Nem um Passo em Falso”, que acompanha um grupo de pequenos criminosos em Detroit nos anos 1950.

Uma promessa do streaming é incluir no catálogo, com exclusividade, filmes depois de 35 dias do lançamento nos cinemas. Por isso, a previsão é que longas como “Judas e o Messias Negro”, “Tom e Jerry: O Filme” e “Mortal Kombat” logo entrem no catálogo do streaming —mas ainda não há data de estreia nem garantia de que os filmes estejam disponíveis logo no lançamento desta terça.

Também chegarão à plataforma, mas também sem data definida, o recém-lançado nos cinemas "Em um Bairro de Nova York" e a sequência de "Space Jam: Um Novo Legado", agora com Lebron James, previsto para chegar aos cinemas do Brasil no dia 15 de julho.

Há ainda clássicos, como a saga de "Harry Potter" e o hit absoluto "Game of Thrones" —além disso, a HBO Max está preparando derivados desta série, como “House of the Dragon”, prevista para estrear em 2022.

"Queremos neste momento ser o mais 'mainstream' possível. Queremos complementar a qualidade da HBO com o catálogo da Warner", disse no mês passado o argentino Tomás Yankelevich, vice-presidente executivo e diretor de conteúdo da WarnerMedia, sobre a HBO Max.

Os interessados no novo serviço vão desembolsar a partir de R$ 19,97 mensais —nesta opção, o usuário terá direito ao pacote anual e acesso via aparelhos móveis. Já por R$ 28 por mês, é possível usar o aplicativo em até três aparelhos simultaneamente, com cinco perfis e uso em smart TVs, smartphones e tablets.

De acordo com informações da plataforma, quem já assinava a HBO Go será automaticamente direcionado para a versão Max e terá a mensalidade ajustada para R$ 28, já que atualmente a mensalidade do serviço que desparecerá custa R$ 34. A migração automática também será feita para os assinantes do canal HBO em distribuidores como Claro, Oi, Tim e Vivo.

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais